Brinquedos para o desenvolvimento do bebê

Os brinquedos devem fazer parte da rotina dos pequenos, conheça os seus benefícios e sua importância na fase infantil.

Os brinquedos devem fazer parte da rotina dos pequenos, conheça os seus benefícios e sua importância na fase infantil.

  

Nos primeiros anos de vida as crianças desenvolvem inúmeras habilidades através das brincadeiras e dos brinquedos, esses itens são considerados grandes aliados no processo de aprendizagem, pois trabalham e estimulam o funcionamento do corpo e da mente. Confira abaixo:

 

Como os brinquedos ajudam na fase infantil

 

Sabemos que o brincar vai muito além da diversão e distração, esse ato ajuda os bebês a viver experiências e desenvolver diversas capacidades, sendo elas: cognitiva, motora, emocional e social. Além disso, pode contribuir beneficamente em alguns aspectos essenciais ao longo da vida, como:

 

– Relacionar, interagir e comunicar com os outros;

– Desenvolver habilidades motoras finas e brutas;

– Processar melhor as informações;

– Facilidade em resolver problemas;

– Aflorar a criatividade e imaginação;

– Criar autoestima positiva.

– Construir autonomia;

 

É importante lembrar que o uso de brinquedos educativos devem ser inseridos na vida da criança a partir do primeiro mês de vida, afinal é necessário motivá-los desde cedo. Continue a leitura para saber mais!

 

Os brinquedos indicados para cada fase

 

Você que é mamãe ou papai e tem dúvida de quais brinquedos são indicados para cada fase do seu filho, não se preocupe, vamos apresentar algumas opções que estimulam seu  aprendizado e sua evolução.

 

0 a 6 meses: essa fase é bem especial e merece atenção, pois os primeiros brinquedos devem estimular a audição, visão e tato, e para isso é primordial oferecer ao bebê alguns produtos da büp baby, como: os mordedores, chocalhos, brinquedos de banho e as pelúcias.

 

6 meses a 1 ano: nesse período pode iniciar a introdução de brinquedos de maior interação para continuar a explorar a visão e a audição, por exemplo os fantoches, brinquedos de banho e tapete de atividade que possuem luzes e sons diferentes.

 

1 a 2 anos: após o seu filho conquistar determinadas capacidades, a partir de um ano o pequeno começa a apresentar as primeiras palavras e a dar os primeiros passos, por isso os brinquedos que podem auxiliar nesse processo são: os andadores e brinquedos interativos da büp baby, e para continuar a despertar a criatividade e imaginação os blocos de montar.

 

2 a 3 anos: à medida em que o seu filho fique mais velho, é importante introduzir na rotina dele brincadeiras físicas, como o nosso triciclo patinete, além de lindo e charmoso ele conta com botões para o farol, melodias, som de bipe e mais efeitos sonoros divertidos. Além disso, o quebra-cabeça também é uma ótima alternativa para auxiliar na percepção visual e tátil.

 

Podemos notar como cada criança possui um ritmo e personalidade diferente, desse modo é importante verificar o comportamento do seu filho para escolher os brinquedos adequados para cada fase.

 

E para tornar esse momento de novidades ainda mais alegre e seguro, os büp baby produtos são de alta qualidade, a nossa embalagem conta com todas as informações necessárias sobre o que você está levando para casa. Sendo assim, o seu pequeno poderá brincar, se divertir e aprender da melhor forma possível.

 

Gostou das dicas? Confira mais conteúdos com este em nosso site e não se esqueça de compartilhar com as mamães que você conhece.

 

Leia também: Brinquedos e brincadeiras

Desenvolvimento do bebê: entenda

QUEREMOS SABER O QUE VOCÊ ACHOU! =)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

outras matérias

brinquedos, diversão, aprendizado, desenvolvimento infantil

Ah, o verão! A estação mais quente do ano é perfeita para brincar ao ar livre, curtir uma piscina, uma praia e se divertir muito com a família. Mas, para isso, é importante tomar algumas precauções, principalmente, com as crianças. Protegê-las de raios solares e hidratá-las é essencial para a saúde.

LEIA MAIS